E-commerce cresceu 40% em 2010

Segundo a consultoria e-bit, que é uma empresa especializada em informações sobre compras online, houve um grande e significativo crescimento em vendas no varejo online.

O setor faturou cerca de R$ 14,8 bilhões em 2010, o que representa 40% de aumento, se comparado ao ano de 2009.

Uma das razões para explicar este aumento, é a confiança que o comprador (principalmente a Class C) adquiriu ao longo destes anos, para fornecer seus dados pessoais e de contas bancárias, ao realizar pagamentos online.

A busca por produtos de valores mais altos também cresceu, principalmente de eletrodomésticos (com a Copa no ano passado, a procura por TVs aumentou muito). Além disso, formas mais facilitadas de pagamento e maiores descontos oferecidos pelos sites foram certamente decisivos.

Segundo Pedro Guasti, diretor-geral da e-bit, os destaques nos pedidos de e-commerce no ano passado foram os setores de eletrodomésticos (14%), livros, assinaturas de revistas e jornais (12%), saúde, beleza e medicamentos (12%), informática (11%) e eletrônicos (7%).

Para este ano de 2011, espera-se que o valor chegue a R$ 20 bilhões, principalmente porque ferramentas na internet têm sido desenvolvidas diariamente e são grandes incentivadoras do crescimento do e-commerce. Um grande exemplo são os muitos sites de Compras Coletivas lançados no ano passado, cuja quantidade vêm crescendo rápido, e que oferecem serviços e produtos variados, com até 50% de descontos, enchendo os olhos dos consumidores, ávidos por uma produto bom e com preço bem mais em conta.

Share on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>