Google homenageia Monteiro Lobato

Hoje o Doodle do Google resolveu homenagear um dos maiores escritores brasileiros.

José Bento Renato Monteiro Lobato ou somente Monteiro Lobato faria hoje 129 anos. Nascido em Taubaté, em 18 de abril de 1882, ele ficou conhecido popularmente pelos seus livros infantis, nos quais, com uma linguagem simples, misturava a fantasia e a realidade.

Sua primeira publicação infantil de sucesso foi  ”A menina do narizinho arrebitado”, em 1920, hoje, considerada uma obra raríssima.


Após essa publicação, outros episódios foram surgindo com os mesmos personagens, como a Dona Benta, seus netos Narizinho e Pedrinho, a Tia Nastácia, a Emília (a boneca de pano que tinha opinião própria) e o sabugo de milho Visconde de Sabugosa. E as histórias se passavam em sua maioria em um sítio no interior de São Paulo, o famoso Sítio do Picapau Amarelo.

Outros livros infantis foram: O Saci, Fábulas do Marquês de Rabicó, Aventuras do Príncipe, Noivado de Narizinho, O Pó de Pirlimpimpim, Reinações de Narizinho, As Caçadas de Pedrinho, Emília no País da Gramática, Memórias da Emília, O Poço do Visconde, O Pica-Pau Amarelo e A Chave do Tamanho.

Além de livros infantis, Monteiro Lobato também escreveu contos (geralmente sobre temas brasileiros), artigos, críticas, crônicas, prefácios e cartas, tais como: O Choque das Raças, Urupês, A Barca de Gleyre e o Escândalo do Petróleo, onde demonstra todo seu nacionalismo, posicionando-se totalmente favorável a exploração do petróleo apenas por empresas brasileiras.

Um episódio que marcou bastante a história brasileira, foi sua crítica às obras modernistas da artista brasileira Anita Malfatti, o que mais tarde culminou na Semana de Arte Moderna, de 1922, pois Lobato defendia que a arte brasileira deveria ser devidamente brasileira, e não poderia trazer características européias, como o cubismo, dadaísmo, futurismo, surrealismo, o que ele chamava de europeização da arte.


Monteiro Lobato morreu em 1948, de derrame, no dia 4 de julho, aos 66 anos.


Share on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>