Windows Phone 7 rastreia localização de usuários

Em meio aos processos abertos contra a Apple, acusada de rastrear a localização de seus usuários (veja post), mesmo após  a ferramenta de localização estar desabilitada nos aparelhos, a Microsoft assume que também rastreia seus usuários, que utilizam o Windows Phone 7.

O motivo seria coletar, através de redes wi-fi, os dados de usuário para montar um banco de dados, que possibilita que o aparelho móvel determine sua localização rapidamente sem depender do GPS.

Essa coleta de informações por redes wi-fi se dá de 2 maneiras: pelo método em quese usa os carros que fazem as fotos para o serviço Bing Street Side (explicado aqui neste post), onde exibe imagens das ruas nos mapas, como o Google Street View. Ao circular pelas ruas, esses carros carregam aparelhos que detectam as redes Wi-Fi e transmitem sua localização à empresa.

A outra forma de coleta é a que se utiliza dos próprios smartphones dos usuários, quando estes ativam seu sistema de localização. Quando isto acontece, as redes Wi-Fi transmitem sua posição à Microsoft. Os dados enviados são: código de identificação do celular, identificação da rede, velocidade e a direção de deslocamento do smartphone.
Segundo a Microsoft os históricos de localização não ficam gravados no smartphone, diferentemente do que ocorre com o iPhone e o iPad 3G.

Share on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *