Megaupload é tirado do ar, acusado de pirataria

Imagem: Reprodução

Um dos maiores sites de compartilhamento de conteúdo na internet, o Megaupload foi tirado do ar ontem dia 19/01, por ordem do FBI, segundo informações retiradas do site The New Yor Times.

De acordo com as acusações, o Megauplod possui um dos serviços mais populares de compartilhamento de filmes e vídeos, por usuários anônimos, violando direitos autorais, e gerando prejuízo de cerca de 500 milhões de dólares. Além disso, o site é acusado de receber 175 milhões de dólares em anúncios e assinaturas premium.

Ainda segundo informações do The New York Times, 4 pessoas foram presas, dentre elas o criador do Megaupload, Dotcom Kim, e ainda há 3 foragidos. A pena poderá chegar a até 20 anos de prisão, se comprovada a violação.


Este caso surge um dia após a “quarta-feira negra“, dia de protestos de grandes sites, muitos deles deixaram de funcionar durante 24h, contra a SOPA, um projeto de lei anti-pirataria online criada pelo Congresso americano. Contudo, segundo as autoridades, não há relação nenhuma com os fatos, já que a Megaupload vinha sendo investigada há quase 2 anos.

De acordo com as autoridades, conversas trocadas via e-mail pelos operadores do Megaupload foram interceptadas e serão utilizadas como provas no processo, onde se comprova que os mesmos agiam de má fé ao publicar o conteúdo protegido por direitos autorais no site.

Assim sendo, outros sites como o Rapidshare e Mediafire correm o risco de também serem tirados do ar.

Segundo o site IDGNOW, o Megaupload, atualmente, tem mais de 150 milhões usuários registrados, 50 milhões de visitantes por dia e responde por 4% de todo tráfego da internet.


Share on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>