Google homenageia Heitor Villa Lobos

O Doodle do Google homenageia hoje o 125 aniversário do maior compositor da América, Heitor Villa Lobos.

Heitor Villa Lobos, filho do músico Raul Villa Lobos, nasceu em 5 de março de 1887, no Rio de Janeiro.

Durante o período de 1892 e 1893, viaja pelo interior do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, tomando conhecimento sobre as modas caipiras e os tocadores de viola, do folclore brasileiro, o que mais tarde se tornará tema de suas composições, como: “Cair da Tarde”, “Evocação”, “Miudinho”, “Remeiro do São Francisco”, “Canção de Amor”, “Melodia Sentimental”, “Quadrilha”, “Xangô”, “Bachianas Brasileiras”, “O Canto do Uirapuru”, “Trenzinho Caipira”.


Em 1915 realizou seu primeiro concerto, com suas composições. Já no ano de 1919, apresentou-se em Buenos Aires, com o Quarteto de Cordas no 2. E na semana da Arte Moderna em 1922, participou dos três espetáculos no Teatro Municpal de São Paulo, apresentando, “Danças Características Africanas” e “Impressões da Vida Mundana”.

Em 1933 ocorre a formação da Orquestra Villa Lobos, e 3 anos mais tarde rege a ópera “Colombo” no Centenário de Carlos Gomes. No mesmo ano, compõe o “Ciclo Brasileiro” e o “Descobrimento do Brasil” para o filme do mesmo nome, a pedido de Getúlio Vargas.

No ano de 1945 Villa Lobos fundou a Academia Brasileira de Música, e durante os anos de 1957 e 1950 morou nos EUA, retornando ao Brasil para comemorar o aniversário do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Heitor Villa Lobos, faleceu em novembro de 1959.

*fonte: http://www.museuvillalobos.org.br, http://educacao.uol.com.br/biografias/heitor-villa-lobos.jhtm e http://pt.wikipedia.org/wiki/Heitor_Villa-Lobos

Share on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>